iPhone 6 deixa Galaxy Note 5 para trás em teste de velocidade

5
3626

Sim, você leu direito. Um smartphone lançado há 1 ano e com apenas 25% da memória RAM do monstrinho da Samsung deixou o Galaxy Note 5 no chinelo em um teste de velocidade de uso “no mundo real”.

A Samsung é a maior fabricante de smartphones do mundo em número de unidades vendidas e, mesmo assim, parece que eles não querem fazer algo realmente bom. Eu utilizei Android por muito tempo e os aparelhos da coreana sempre foram muito confiáveis apesar de uns probleminhas aqui e ali – nada é perfeito. Minha maior queixa sempre foi a questão do desempenho, já que a empresa coloca uma interface pesadíssima e cheia de recursos inúteis por cima do Android padrão e isso engasga qualquer smartphone, não importa quão bom seja seu hardware.

Galaxy vs iPhone

O caso extremo que vamos falar logo abaixo ilustra exatamente isso. O Galaxy Note 5 foi anunciado esses dias e, como de costume, ele vem com um hardware topo de linha, além de ser muito bonito. No entanto, parece que o fantasma do software pesado vai continuar a assombrar os usuários do aparelho por um bom tempo.

Só para vocês terem uma noção, olha o hardware dele: processador Exynos 7420, fabricado pela Samsung, que possui OITO núcleos, quatro rodando a 1.5 GHz e outros quatro rodando a 2.1 GHz. O fato dele ter 8 núcleos deveria significar um melhor gerenciamento de desempenho, que deixa uma parte otimizada para tarefas que requerem pouco poder de processamento e os restantes para aquelas horas mais hardcores, principalmente jogos. Além disso, ele vem com meros 4 GB de RAM. Isso mesmo, 4 GB, a mesma quantidade do meu MacBook Air.

Agora, vamos ao iPhone 6, que já está fazendo 1 ano de vida, ou seja, o hardware não é tão novo quanto o aparelho da Samsung. O iPhone vem com um processador A8 (normalmente também fabricado pela Samsung mas dessa vez feito por uma empresa de Taiwan), com apenas 2 núcleos rodando a 1.4 GHz. Além disso, ele tem somente 1 GB de RAM, ou seja, 25% da quantidade disponível no Galaxy Note 5.

Ok, agora que você já sabe a diferença entre eles, é natural supor que o Note 5 deixaria o iPhone 6 no chinelo, principalmente por conta da gritante disparidade na RAM.

Então, eis que um canal do YouTube chamado DroidModderX resolveu fazer uma comparação lado a lado para simular uma situação de uso real, ou seja, abrindo e fechando aplicativos em sequência. Para nossa surpresa, o iPhone 6 deixou o aparelho da Samsung comendo poeira, e de longe.

No início os dois tem performance semelhante com o Note 5 ganhando de ligeiro em alguns momentos – algo que já é incrível pois o iPhone conseguiu se manter “perto” de um concorrente bem mais potente. No entanto, à medida que os aplicativos vão sendo reabertos após terem sido minimizados, você começa a ver a diferença: o aparelho da Samsung engasga enquanto que no iPhone 6 os apps abrem em geral de forma suave. O golpe final é quando o apresentador reabre o Angry Birds e o Note 5 fica ali parado e não sai mais do lugar.

Veja por si só o video. A fala está em inglês, então pulamos direto para a comparação:

Vamos entender o que está acontecendo ai: no início, os aplicativos estão fechados e todos os arquivos precisam ser carregados na memória. À medida que você minimiza cada app, seus arquivos permanecem na memória pois assim você consegue abri-los rapidamente depois. Apesar da pouca RAM, o iPhone consegue gerenciar isso direitinho e os apps realmente abrem mais rápido uma segunda vez. Já o Galaxy Note 5, pelo visto, possui um gerenciamento de RAM bem precário, já que tudo demora para abrir depois, mesmo tendo monstruosos 4 GB.

E olha que essa não é a primeira furada da Samsung. No início do ano falamos sobre as diferenças no design entre o Galaxy S6, visivelmente inspirado no iPhone, e os aparelhos da Apple, destacando que o diferencial está nos pequenos detalhes.

Tirando o fato de copiar o design, a Samsung tem capacidade para produzir excelentes aparelhos, mas cada detalhe conta muito e falhas como essa não condizem com o porte da empresa e o quanto ela gasta com pesquisa e desenvolvimento de produtos.

Leia também: Vendas de iPhone cresceram 36% enquanto Samsung caiu 5,3%.

E você, o que acha disso tudo? Deixe sua opinião nos comentários.

Via MacMagazine.